Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Buscar  
Bastos
Publicada em - 559 visualizações
SÃO JOSÉ – MAIS QUE UMA ESCOLA, O CAMINHO PARA O SUCESSO

Tiago Henrique


Mais uma vez a Escola São José de Bastos é destaque: primeiro por ter conseguido a maior nota no Exame do Ensino Médio (ENEM), conquistando um total de 578 pontos e ficando acima de escolas tradicionais na região. "Há vários anos mantemos essa colocação, pois o ENEM é a porta de entrada para as universidades federais, todas reconhecidas pela excelência, tanto que uma aluna ano passado, com sua nota do ENEM, passou em medicina, sem cursinho. E ela estudou na escola desde a educação infantil, mostrando o quanto é importante investir desde cedo na formação da criança. Esse estudo também é aproveitado para outras universidades públicas como USP e UNESP, nas quais temos sempre muitas aprovações, e ainda serve para conseguir o FIES, que ajuda a financiar o curso em faculdades privadas", explica o diretor Edgard Jun Yoshida. 


Edgard também fala sobre a metodologia de ensino que é inovadora e consegue importantes resultados, inclusive nos vestibulares. "O velho lema 'Aula dada, aula estudada' hoje funciona: o aluno tem uma aula bem dada pelo professor e retoma o estudo em casa, fazendo a tarefa no mesmo dia, lembrando a matéria, para realizar os exercícios com facilidade. Quem faz isso tem muito sucesso, além de vários simulados dentro do período de aula e outros nos fins de semana, para treiná-los para enfrentar as provas. Os professores sempre estão se atualizando por meio de cursos no próprio Anglo e em outras oportunidades", diz. 


A escola também é reconhecida por conseguir prender a atenção dos alunos e envolvê-los no aprendizado. "Os alunos são muito dedicados e respondem bem aos estímulos e desafios que os professores passam, aliás, a tríade composta pela escola, pais e alunos, onde todos estão comprometidos com a qualidade da educação, faz a fórmula de sucesso da instituição, que vem ultrapassando os limites da cidade, atraindo alunos de Iacri, Parapuã e Osvaldo Cruz", revela Edgard.


 Devido ao crescimento regional, a escola, que já possui um ônibus de transporte de alunos, irá oferecer, a partir do ano que vem, um micro-ônibus para suprir a demanda. "Os pais têm confiado em nosso trabalho, e mesmo com a distância preferem que seus filhos estudem no São José pela qualidade do nosso ensino", explica o diretor. 


O São José possui uma metodologia diferente e, junto ao sistema de ensino Anglo, consegue proporcionar qualidade e formar cidadãos, que valorizam os bons costumes, tradições, o hábito da leitura e a preocupação com o meio ambiente e convívio social. 


Professora Sheili e ao fundo professora Patrícia, com os alunos que aprendem a importância do suco natural na saúde


Na educação infantil é mostrada, desde o mini maternal, a importância de uma alimentação saudável, por meio da participação direta dos alunos no plantio, colheita e degustação dos pratos que são feitos com as hortaliças que produziram. Além disso, são realizados estudos de campo, como viagens para conhecer a eclusa de Buritama (SP), a Cidade da Criança de Presidente Prudente (SP), o distrito de Varpa (SP), a Fazenda Palmas e outros destinos. A escola também não para de investir em segurança e conforto para seus alunos. "A escola, desde 2006, tem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, e este ano realizamos adequações para estar de acordo com as novas normas. Isso irá proporcionar mais segurança e mais acessibilidade para os alunos e visitantes. Temos realizado o treinamento da brigada contra incêndios, que tanto serve para casos de fogo quanto para os primeiros-socorros em casos de acidentes", revela o diretor. 


Atualmente todas as salas possuem ar condicionado e a escola vem investindo em interação nas redes sociais, como a criação de uma página no Facebook, onde pode não só interagir com o aluno, mas com os pais e com a comunidade. 


Vem realizando também importantes eventos, como o Dia do Ovo e a Feira do Livro, que envolvem toda a região. 



Alunos participam do Curso Condutores do Futuro realizado pela Polícia Militar, que instrui as crianças para uma educação no trânsito

A escola vem provando ser diferente e quem confirma sua qualidade são os próprios alunos.

Caio Simões Mesquita de Oliveira, que estuda no São José desde o quinto ano, garante que com o auxílio dos professores conseguiu passar em Estatística na Universidade Estadual de Maringá (UEM): "Os professores são muitos atenciosos e estão sempre dispostos a tirar nossas dúvidas". 


Caroline Ribeiro Nagahashi, que também irá estudar na UEM, é aluna do São José desde do primeiro ano e garante que os professores são atenciosos e explicam bem: "Com o que aprendi na escola eu consegui passar na UEM no curso de Design".


 Outro aluno que também será estudante da UEM é Lucas Yoshida, que irá cursar Ciências da Computação e afirma que a tríade citada pelo diretor no início da reportagem vem dando muito certo. "Consegui passar na faculdade graças ao incentivo da escola, dos professores, dos meus pais e por meio de muita dedicação", revela.


Caroline Ribeiro Nagahashi, Lucas Yoshida, o diretor Edgard Jun Yoshida e Caio Simões Mesquita de Oliveira








Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Hora Certa
Parceiros

Fan Page

Colunistas

Coronel Camilo


Raní de Souza

A Desconexão da Criança Com o Mundo da Leitura


Américo Ribeiro Magro

Licitações pública s e o ovo da serpente


Nelson Kobayashi Jr

O FECHAMENTO DA ESCOLA E O LABORATÓRIO QUE CRIOU A DOENÇA E VENDEU A VACINA.


Alexandre Taniguti

Meu melhor natal


(14) 99721 7253

Videos
Festa do ovo - Primeiro dia Entrevistas Festa do ovo 2015 Festa do ovo parte 03
Publicidade Lateral
Evolução - (14) 9 97217253
Copyright (c) 2017 - Sistema Evolução de Comunicação - Todos os direitos reservados